14 de janeiro de 2014

Alemanha: parceira estratégica

    Maior economia da União Europeia, e a quarta em todo o globo, a Alemanha também é uma das nações que mais injetam capital produtivo no PIM. Dados fornecidos pela Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) informam que o país europeu é o 11º em investimentos no parque fabril da capital amazonense, com US$ 62.4 milhões aportados, o que corresponde a uma fatia de 0,88% do total (US$ 7.06 bilhões). Em números de companhias instaladas por aqui (13) –a maioria nos segmentos de eletroeletrônicos (5) e termoplásticos (4) –, a situação é melhor ea posição sobe para o 3ª lugar, atrás apenas dos EUA (37) edo Japão (34).

Em especial, a Alemanha apresenta performance positiva quando o tema é a evolução dos números de geração de empregos. Alcançou crescimento contínuo nesse quesito nos últimos dois anos, apesar do crescimento econômico menor do País durante o período. Tendo como base o comparativo dos acumulados de setembro, a autarquia informa que o número de postos de trabalho nas indústrias incentivadas com capital alemão saltou de 1.746 para 2.100 entre 2011 e 2012, um salto de 20,27%. Do ano passado para este, houve novo incremento, de 1,86%, levando os números da mão de obra fabril a totalizarem 2.139 vagas.

  

Para saber tudo sobre a economia do Polo Industrial de Manaus garanta sua Revista PIM nas bancas ou assine!