9 de dezembro de 2016

As onze melhores empresas para trabalhar na Amazônia

Instituto Great Place to Work (GPTW) revela os melhores ambientes de trabalho segundo os próprios colaboradores

1o-lugar-sc-johnson

As premiadas foram conhecidas no dia 7 de dezembro em cerimônia no Caesar Business Hotel, em evento promovido pelo GPTW em parceria com a Revista PIM Amazônia e o apoio da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH), seccional Amazonas e Pará.
Em sua primeira edição, a pesquisa ‘Melhores Empresas para Trabalhar na Amazônia’, contou com a inscrição de mais de 40 concorrentes, incluindo empresas do Amapá, Amazonas, Roraima, Rondônia, Tocantins, Pará e Acre, que se permitiram ser avaliadas por seus colaboradores.

A avaliação leva em conta três pilares: confiança, orgulho e colaboração. A classificação e o julgamento das premiadas foram feitos pelos próprios funcionários que responderam uma pesquisa de forma confidencial.

Três das onze empresas premiadas são do Pará e oito estão no Amazonas. Para a presidente do Conselho Deliberativo da ABRH-PA, Carmem Mateus, a premiação era um anseio esperado há cinco anos, dada a sua importância e credibilidade nacional e internacional para as empresas, que se concretiza na região com essa primeira edição.

As organizações paraenses premiadas foram a Imerys Caulim (7º lugar), a Celpa Centrais Elétricas do Pará (4º lugar) e a Dínamo Engenharia (5º lugar).

Melhor Empresa
Segundo a pesquisa, a melhor empresa para trabalhar na Amazônia é a SC Johnson, seguida do Laboratório Sabin, e em terceiro lugar a Distribuidora Equador. Na opinião do CEO do GPTW, Ruy Shiozawa, o juiz deste julgamento é muito rigoroso, pois as próprias pessoas que trabalham nas empresas, avaliaram itens como: nível de confiança de seus colaboradores, desempenho da liderança, liberdade de construção e desenvolvimento pessoal e profissional.

Segundo o dirigente, não se escolhe as empresas mais ricas ou as que possuem os nomes mais poderosos, mas as melhores empresas na opinião dos próprios colaboradores. “O diferencial dessas empresas é que elas não estão preocupadas somente com as finanças, os clientes e as tecnologias, mas também com seus colaboradores”, frisou.

Quem também se mostrou satisfeita com a premiação foi a presidente da ABRH-AM, Kátia Andrade, pelo fato do selo ser o reconhecimento de boas práticas dentro das organizações do Amazonas e Pará. Segundo ela, essas empresas se empenharam muito em demonstrar o que fazem no âmbito de gestão de pessoas para que possam ser bem sucedidas.

O Great Place to Work conduz a pesquisa ‘Melhores Empresas para Trabalhar’ em 53 países. No Brasil, a pesquisa conta com mais de 1.500 companhias participantes, representando mais de 1 milhão de funcionários. O instituto promove também desde 2005 o prêmio ‘As 100 Melhores Empresas para Trabalhar na América Latina’.

RANKING

  1. SC Johnson
  2. Laboratório Sabin
  3. Distribuidora Equador
  4. Celpa Energia
  5. Dínamo Engenharia
  6. Colégio Lato Sensu
  7. Imerys Caulim
  8. Hospital Adventista de Manaus
  9. Uninorte
  10. Avanplas Polímeros
  11. Flextronics