12 de março de 2018

CNI e Apex-Brasil organizam missões de negócios para apoiar empresários

Ao longo dos próximos dois meses, acontecem grandes eventos internacionais e a Confederação Nacional da Indústria (CNI), por meio da Rede Brasileira de Centros Internacionais de Negócios (Rede CIN), e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), organizam missões comerciais para apoiar empresários brasileiros interessados em participar de feiras e encontros de negócios.

Em março, a cidade italiana de Bolonha, na Itália, vira o centro das atenções do mercado de beleza durante a Cosmoprof. A feira é uma das mais relevantes para o lançamento de novidades em cosméticos, perfumes, assim como insumos e tecnologias de produção de produtos de beleza.

No dia 22 de março, durante o Fórum Mundial da Água, sediado em Brasília, a Rede CIN e a Apex-Brasil organizam um encontro de negócios para estimular parcerias e investimentos em soluções para o consumo eficiente da água na indústria, como infraestruturas e insumos para aproveitamento, coleta, reúso, tratamento e dessalinização da água.

 

MÓVEIS, ROCHAS, INDÚSTRIA 4.0 E MINERAÇÃO – A partir de Abril, empresários brasileiros, desta vez do setor de móveis, têm mais uma oportunidade de negócios na Itália, durante o renomado Salão de Móveis Milão, que atraiu mais de 165 mil pessoas e 2 mil expositores.

A agenda de abril também inclui a Fortaleza Stone Fair 2018, que movimenta a capital cearense entre 18 e 20 de abril. Além da exposição de pedras, máquinas e equipamentos e insumos para a cadeia produtiva, a feira é um grande palco para negócios.

Na sequência, é a vez de explorar o potencial do mercado de mineração da América Latina, durante a Expomin, anualmente realizada em Santiago, no Chile. Além de palestras e debates, a feira também contará com expositores de 35 países.

A última de abril é para uma das feiras mais importantes para tecnologias industriais, a Feira de Hannover. Todos os anos, a cidade industrial no norte da Alemanha reúne gigantes do setor para apresentar tendências e inovações disruptivas para a produção mundial, além de debates sobre impactos e expectativas em relação à Indústria 4.0. Neste ano, o tema da feira será demonstrar novidades para a logística industrial.