7 de janeiro de 2015

Chibatão investe para agilizar cargas da indústria e comércio do AM

Plano de investimento de R$ 262 mi para 2015 e 2016 acrescentará a inauguração de pátio alfandegado e ampliação de píer flutuante

 

O Grupo Chibatão anunciou investimento de R$ 262 milhões para o biênio 2015 -2016, na modernização e maior eficácia nas operações do terminal portuário e das demais unidades da empresa proporcionado cada vez mais agilidade dos processos nas áreas comercial e industrial do Amazonas.

O diretor executivo do Grupo, Jhony Fidelis, explica que o objetivo da empresa é oferecer melhores serviços aos clientes, principalmente do Polo Industrial de Manaus e comércio do Estado, dentro da estratégia de se tornar um provedor logístico cada vez mais completo e competitivo.

Com foco nesta meta, o Chibatão vai inaugurar a nova área do pátio alfandegado, que terá acréscimo para armazenar 7.500 TEUs. A expansão do píer é também uma novidade que de 450 metros passará a ter 710 metros de comprimento e será entregue em março.

Fidelis informa que somente a ampliação do píer flutuante aumentará a capacidade em 50%, o terminal que operava com 4 navios, passará a operar com seis navios ao mesmo tempo.

O Terminal Portuário Chibatão é responsável por 80% da movimentação de cargas importadas ou exportadas no Polo Industrial de Manaus. O projeto de modernização do porto vislumbra a construção de uma segunda ponte de acesso que vai permitir a otimização do tempo de transporte de contêineres entre pátio e navios com a circulação em sentido único.