9 de junho de 2016

Investir em tempos de crise é positivo

O cenário econômico brasileiro de retração da demanda, inflação alta e queda na confiança do consumidor não poupou o segmento industrial de transformados plásticos, que enfrenta retração de 3,8%, conforme dados da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast).

Na contramão das tendências e do pessimismo geral, a Tutiplast Indústria e Comércio, implantada há 23 anos no Polo Industrial de Manaus (PIM), está investindo em inovação, tecnologia e realizando novos negócios dentro e fora do Estado com a intenção de se manter competitiva. A gerente operacional do grupo, Mariana Barrella, acredita que investir na crise é positivo porque, quando houver retomada, a fábrica estará preparada para as novas demandas. “Nosso objetivo é estar pronto para um futuro promissor”, frisou a executiva. Na conversa com a Revista PIM Amazônia, a dirigente trata sobre mercado, concorrência e o futuro da indústria de transformação de plásticos. Leia a entrevista a seguir.

Para ver a matéria completa garanta esta edição da Revista PIM Amazônia, ou faça sua assinatura.