10 de junho de 2016

Polo têxtil: esperança vem da safra de café

Indústria

A indústria têxtil do Amazonas atravessou um período conturbado e amargou números progressivamente negativos nos últimos seis meses, mas espera recuperação de vendas no segundo semestre. Diferente do que ocorre em outros segmentos industriais presentes na região, a raiz dos problemas desse braço da indústria incentivada de Manaus está mais em fatores alheios ao segmento do que na redução da demanda resultante da atual crise econômica/política. O mesmo pode ser dito quanto aos motivos do otimismo.

Para ver a matéria completa garanta esta edição da Revista PIM Amazônia, ou faça sua assinatura.