26 de julho de 2017

Primeiro dirigível aéreo produzido no Brasil é inaugurado

A primeira aeronave fabricada no Brasil foi inaugurada na última segunda-feira (24), em São Carlos (SP). Iniciativa de uma das empresas do grupo Bertolini, a Airship, especializada em desenvolver, fabricar, comercializar e operar aeronaves e soluções utilizando tecnologias mais leves que o ar.

Cabine do ADB 3-X01, primeira aeronave nacional

O protótipo, parecido com uma balão de 50 metros, a princípio consegue transportar 6 pessoas e cargas de até 1,5 tonelada. A expectativa é de que em um ano seja lançada uma versão comercial capaz de suportar 3 toneladas. Até 2019, estima-se que as aeronaves meçam 120 metros, podendo carregar até 30 toneladas.

Existem intenções de parceria e financiamento para o aperfeiçoamento dos dirigíveis por parte de algumas empresas, como é o caso da empresa Eletronorte, que visa, através dos protótipos, a inspeção de linhas de alta tensão em locais de difícil acesso, como montanhas e florestas.

O principal objetivo do projeto aéreo é transportar cargas. “Retirada de madeira degradada das florestas, locomoção e instalação de pás eólicas e transporte de produtos de tecnologia produzidos na Zona Franca de Manaus”, estão entre as promessas deste novo empreendimento nacional, diz Paulo Caleff, presidente da Airship.