9 de outubro de 2017

Região Norte lidera alta no custo da construção civil em setembro

A Região Norte liderou a variação do custo do metro quadrado na construção civil registrado pelo Índice Nacional da Construção Civil (SINAPI) em setembro, divulgado na última sexta (06.10) pelo IBGE. A localidade apresentou variação de 0,66%, mais que o dobro do índice nacional, de 0,27% no mesmo período. No ano, o indicador acumula 2,98% de alta no país, com elevação de 4,25% nos últimos 12 meses.

No Brasil, o custo médio do metro quadrado construído em setembro foi de 1.057,99, sendo 539,52 relativos aos materiais utilizados e 518,47 provenientes do gasto com mão de obra.

Pesou na elevação do custo na região Norte o dissídio coletivo do setor no Pará, o que aumentou as despesas com mão de obra no estado. Este foi um dos fatores que levaram o local a ter a maior taxa de variação do país em setembro (1,47%).

“Na variação de mão de obra observamos aumento significativo apenas no estado do Pará, onde tivemos dissídio coletivo. É um estado que tem pouco impacto no índice nacional. Como vínhamos registrando um maior número de dissídios nos outros meses, essa foi a taxa mais baixa dos últimos seis meses”, ressalta Augusto Oliveira, pesquisador do IBGE.

No índice nacional, portanto, teve maior impacto a variação do custo dos materiais, o outro componente do indicador, em razão, principalmente, dos aumentos nos estados do Acre, Bahia, Distrito Federal, Ceará e Maranhão, que, em sua maioria, registraram alta nas despesas com o segmento relacionado ao cimento.

 

*Informações IBGE