15 de outubro de 2016

Uruguai é 6º maior em investimentos no PIM

O capital uruguaio representa 4,92% das aplicações estrangeiras

cap-estrangeiroCom uma economia bastante dolarizada, o Uruguai está no rol dos países latinos americanos que mais sofrem neste ano com a combinação inflação e retração de crescimento. Outro ponto é que a recessão brasileira atinge em cheio a economia uruguaia, visto que os investidores externos ao visualizarem o cenário crítico brasileiro logo imaginam que o Uruguai será o próximo a decair.

O governo uruguaio já anunciou que o país terá um ajuste em 2017, levando a população a uma situação mais difícil, entretanto alguns economistas indicam que não será uma recessão como no Brasil e Argentina, mas se trata de uma baixa do ciclo econômico. A aposta é de que com a recuperação da Argentina e Brasil, o Uruguai deva ter um impulso em 2018.

Para ver a matéria completa garanta esta edição da Revista PIM Amazônia, ou faça sua assinatura.